Como evitar a infecção urinária?

Como evitar a infecção urinária? | Valor de Planos de Saúde

A Infecção do Trato Urinário (ITU) ou popularmente conhecido como infecção urinária é a presença anormal de microrganismos em alguma região do trato urinário. Criamos esse artigo para ajudar você em como evitar a infecção urinária que afeta as mulheres com mais frequência.

Devido a razões anatômicas a infecção urinária é mais comum em mulheres, posto que a uretra feminina é mais curta que a do homem, desta forma facilitando a ascensão de bactérias até a bexiga. Apesar disso não é uma doença exclusivamente feminina, também afeta homens com mais de 50 anos de idade.

A infecção do trato urinário tem dois tipos:

Cistite: ocorre quando a infecção afeta a bexiga;

Pielonefrite: que afeta o rim.

Sintomas

Principais sintomas na mulher quando há infecção urinária:

  • Disúria (ardor na uretra durante a micção)
  • Aumento da frequência urinária (mais de sete vezes por dia)
  • Noctúria (mais de uma micção noturna)
  • Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga;
  • Dor suprapública;
  • Sangue na urina;
  • Alteração do aspecto físico da urina (coloração escuram aparência turva e odor forte).

Como evitar a infecção urinária?

Antes de receber o diagnóstico da infecção urinária, tem algumas maneiras de como evitar a infecção urinária que podem ser utilizadas e servem para qualquer tipo de infecção. Confira:

  • Beba muito líquido, principalmente água;
  • Limpe-se bem antes de urinar para evitar que bactérias se acumulem no local e entrem no trato urinário;
  • Urine após relações sexuais para esvaziar a bexiga;
  • Use absorventes externos em vez de internos, alguns médicos acreditam que absorventes internos aumentam a probabilidade de infecções. E troque de absorvente cada vez que for ao banheiro;
  • Não utilize nenhum produto que contenha perfumes na área genital;
  • Evite usar calças muito apertadas;
  • Use calcinha e meia calça de algodão.

Procure um especialista ao perceber os sintomas típicos de infecções urinárias. Descreve os sinais da doença e tire todas as dúvidas.

Veja também