Fatores que Podem Causar o Autismo

fatores-que-podem-causar-o-autismo

Além da genética, novos estudos revelam que o uso de antidepressivos, obesidade e até poluição do ar podem aumentar o risco de desenvolver o distúrbio.

Apesar de não poder estabelecer com precisão existem fatores que podem causar o autismo, sabe-se que existem componentes genéticos envolvidos, mas os pesquisadores passaram a considerar alguns fatores externos que ajudam a contribuir no desenvolvimento do distúrbio. A gravidez é de extrema importância, e desde o uso de antidepressivos até contrair uma gripe durante esse período aumentam as chances de ter filhos que manifestem a doença posteriormente.Conheça alguns fatores apontados pelas recentes pesquisas:

Fatores que podem causar o autismo

O uso de antidepressivos durante a gravidez pode dobrar o risco do filho desenvolver autismo. O uso desses medicamentos foi relatado em 6,7% das mães de crianças autistas, contra 3,3% das mães no grupo de controle. Essa relação pode ser considerada mais forte caso os medicamentos sejam utilizados no primeiro trimestre da gravidez.

Gripe ou febra persistente

Um estudo realizado na Dinamarca entre 1997 e 2003, publicado em 2012, mostrou que a incidência de gripe ou febre prolongada durante a gestação pode ser um fator de risco para o autismo. Segundo o estudo, mães que tiveram gripe durante a gravidez, tinham duas vezes mais chances de serem diagnosticadas com distúrbios do espectro do autismo (ADS), antes de completarem três anos de idade. No caso de febres com duração de mais de uma semana, o risco pode ser até três vezes maior

Obesidade, pressão alta e diabetes

Mães obesas tem maiores chances de terem filhos autistas. De acordo com um estudo publicado em 2012, esse fator aumenta a chance da criança nascer com o distúrbio em até 67%. O estudo mostrou que a incidência de diabetes, hipertensão e obesidade das mães era maior no grupo que apresentava a doença, em comparação ao grupo de controle. Além disso, entre as crianças com autismo, aquelas cujas mães tinham diabetes, apresentavam dificuldades relacionadas a linguagem, em comparação com os filhos de mães não-diabéticas.

Poluição do ar

A poluição do ar é um fator que vem sido relacionado ao autismo por diversos estudos, um estudo realizado na Califórnia, mostrou que crianças que viviam a menos de 300 metros de rodovias tinham o dobro de chances de desenvolver o autismo, do que aquelas que viviam mais longe. O resultado do estudo mostrou que crianças que foram expostas a maiores níveis de poluição causada por veículos tinham três vezes mais chances de desenvolverem autismo.

Preencha o formulário abaixo e receba uma simulação!

Veja também

Comentarios