Conheça 6 mitos sobre a mente humana

mente humana

A mente humana é estudada há seculos, e ainda assim, se sabe pouco a respeito deste “supercomputador” que é o nosso cérebro.

Sua complexidade estimulou para que surgissem algumas crenças populares sobre a mente humana. Por isso, hoje resolvemos falar sobre alguns mitos que circulam por aí sobre o nosso cérebro.

FAÇA AGORA MESMO A SIMULAÇÃO DO SEU PLANO DE SAÚDE

Dano cerebral sempre é permanente

Costumamos ouvir que todo tipo de dano cerebral é permanente. Porém, nosso cérebro é um órgão tão incrível que em algumas circunstâncias ele seja capaz de se recuperar de uma lesão, dependendo da localização e da gravidade da lesão.

Por exemplo uma concussão, ela pode interromper temporariamente as funções do cérebro, mas, não havendo traumatismo posterior na cabe, o cérebro é capaz de se recuperar completamente.

É possível aprender outros idiomas dormindo

Outra crença muito dita é a capacidade do cérebro de aprender outro idioma durante o sono. A crença diz que ao deitar, se colocar um CD com aulas de inglês por exemplo, todo conteúdo do CD é absorvido enquanto dormimos. Porém a eficácia do método tem sido contestada desde 1956 quando o estudo de Charles Simon e William Emmons não encontrou nenhuma evidência que seria possível aprender algo durante o sono.

Nós usamos apenas 10% do cérebro

Através de uma simples ressonância magnética é possível desmentir a teoria. Já foi provado que nós usamos mais de 10% do cérebro ao executar tarefas simples, como falar.

Tal crença pode ter surgido após um estudo de William James, onde o psicólogo afirmou que utilizamos apenas uma pequena parte da nossa capacidade mental. Porém, ele não especifica a porcentagem.

Nós pensamos com o lado direito ou esquerdo do cérebro?

Não pense que você tem um cérebro intuitivo porque usa mais o lado direito, ou analítico porque usa mais o lado esquerdo. A crença de que um dos lados do cérebro influencia significativamente em nossa personalidade é um mito.

Algumas funções do cérebro encontram suporte maior em determinadas regiões do cérebro, porém um simples bate-papo provoca reações complexas em ambos os lados.

Ouvir Mozart deixa a criança mais inteligente

Foi feito um estudo com 36 universitários na Califórnia, em 1991. Aqueles que ouviam Mozart por 10 minutos antes de executar uma atividade mental, que objetivava testar uma habilidade visual espacial específica, em geral se saiam melhor que aqueles que não ouvia.

O fato, é que nenhum integrante da pesquisa era criança, porém o resultado inspirou o surgimento de vários produtos destinados aos pais, que ficaram a venda para ajudar a potencializar a inteligência dos seus filhos.

O álcool mata células do cérebro

Apesar do que pensamos, quando acordamos com a cabeça latejando após uma noite de bebedeira, nosso primeiro pensamento é que o álcool destruiu milhares de células do nosso cérebro, porém, não é isso que acontece.

Contudo, apenas do álcool não matar as células, ele tem poder de impactar negativamente o comportamento delas, mudando as ligações dos neurônios no cérebro, o que afeta a forma como as células se comunicam entre si.

Agora que você conhece os mitos sobre a mente humana, simule seu plano e comece a cuidar da sua saúde!

Se preferir, você pode fazer a simulação do seu plano através do nosso WhatsApp (11) 9 4579-5402

Veja também

Comentarios