Os benefícios dos planos de saúde para MEI

planos de saúde para MEI

Conheça nesse artigo os benefícios dos planos de saúde para MEI, o modelo de negócio chamado Micro-empreendedorismo Individual (MEI) foi criado em 2009 no Brasil com o objetivo de legalizar as atividades de trabalhadores autônomos. Até o ano passado, mais de 3 milhões de trabalhadores formalizaram negócios através deste modelo.

Com o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), os microempreendedores gozam de diversas vantagens, como emissão de notas fiscais, empréstimos bancários mais baratos e plano de saúde empresarial, que oferece uma das faixas de mensalidades mais baratas na área de atendimento ambulatorial e hospitalar.

A adesão aos planos de saúde para MEI é a que mais cresce em todo o país atualmente e, com esse crescimento, os serviços ofertados e os benefícios aumentam na mesma proporção para dar conta de atender à demanda.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde (ANS), os planos de saúde para MEI atingem preços aproximadamente 35% menores que os planos individuais e essa é uma das vantagens mais visadas: o custo-benefício.

Os planos de saúde para microempreendedor individual são destinados à microempresas com CNPJ ativo na Receita Federal. Para garantir o benefício, em todas as operadoras, são necessárias mais duas, ou três pessoas adicionadas ao plano, pelo menos. Ainda não há disponível no mercado operadoras que fazem planos de saúde empresariais para apenas o microempreendedor. As outras vidas a serem adicionadas ao plano podem ser familiares, ou funcionários da empresa.

Se o interesse for apenas a contratação de planos de saúde para MEI sozinho, a adesão deverá ser feita em um plano individual, ou coletivo que não seja empresarial, como sindicatos e outras entidades de classe. A maioria dessas entidades possui esse serviço disponível.

Se o número mínimo de pessoas por adesão for atendido, o microempreendedor deve pesquisar as operadoras que oferecem esse tipo de plano. As pesquisas podem ser feitas no site da ANS, das próprias operadoras, através de pesquisa de mercado e indicações pessoais.

Nessa busca, leve em consideração os benefícios ofertados por cada operadora, a cobertura de atendimento à sua empresa e a abrangência do plano. Como saúde é uma coisa delicada, se atente mais ao custo-benefício e menos ao preço por si só. Porém, o fato de planos de saúde para MEI ser mais em conta agrada também os funcionários colaboradores que vão desfrutar dos serviços.

Benefícios dos planos de saúde para MEI

Preços mais baixos

Um plano de saúde empresarial chega a oferecer mensalidades até 35% mais baratas que os planos de saúde comuns nas categorias individual e familiar. Esse talvez seja o principal atrativo dentre os benefícios dos planos de saúde para MEI. Isso porque, de acordo com a ANS, o preço dos serviços contratados é um dos principais fatores que são levados em consideração na hora da escolha de um plano e o microempreendedor leva vantagem neste quesito.

A preferência por preços mais baixos se confirma quando os números de clientes que aderem a planos empresariais são levantados. Em média, o número de contratantes de planos de saúde para microempreendedores tem crescido o dobro que outros planos, mesmo tendo que ter a empresa como intermediador. O motivo principal: o preço.

Por que os planos de saúde para MEI é mais barato?

Os planos de saúde para MEI usam o sistema de plano empresarial. Esse tipo de contrato é feito por intermédio de uma empresa e são necessárias, pelo menos, duas vidas para aderi-lo, não sendo possível contratar o plano para um só indivíduo.

Sendo assim, na hora de calcular quanto o plano de saúde está custando, a operadora considera cada contrato individualmente e são levados em consideração a variação do número de atendimentos e o total de pessoas vinculadas ao plano. Portanto, se um plano que não é empresarial (e geralmente tem menos pessoas vinculadas) registra um tratamento médico mais caro, os custos de todo o grupo de dependentes também se eleva. Por isso que em um plano empresarial (no qual, geralmente, abrange mais pessoas), o custo/benefício é mais rentável.

Resumindo, o custo do plano varia de acordo com o número de funcionários segurados. De acordo com uma pesquisa da ANS, uma microempresa com 20 funcionários consegue contratar um plano por aproximadamente R$ 4 mil por mês.

Garantia e segurança no trabalho

Segundo uma pesquisa de mercado realizada pela ANS, os funcionários consideram benefícios como planos de saúde tão importante quanto um bom salário, ou uma promoção.

Tendo em esse resultado em mente, e a ideia de que em microempresas os microempreendedores não investem em seus funcionários, a busca por emprego nesse setor pode ser menor. Para não correr esse risco, um dos benefícios de se contratar planos de saúde para MEI é a garantia de boas condições de trabalho e melhor produção, já que, felizes com os benefícios e com atendimento médico e ambulatorial de qualidade, os funcionários trabalham melhor, saudáveis e motivados. Sendo assim, a vantagem é recíproca tanto ao microempreendedor, quando ao funcionário.

Atendimento 24 horas

Nem todas as categorias de planos de saúde oferecem atendimento 24 horas em canais exclusivos. Já a maioria dos planos empresariais garante aos beneficiados serviços específicos por telefone e sites das operadoras, como “tira dúvidas” sobre medicação e procedimentos iniciais em casos de emergência.

Esses meios de comunicação ficam disponíveis para todos os clientes do plano através de uma parceria entre a empresa e a operadora de saúde.

Serviço de qualidade

Atualmente, mais de 90% das operadoras oferecem planos de saúde para MEI. Entre esses 90%, segundo a ANS, estão as maiores e mais renomadas operadoras de saúde do Brasil e são elas as dominantes na oferta por planos empresariais.

Esse fator garante um serviço de qualidade e com mais variedades de atendimento e opções hospitalares, já que as operadoras menores – e que não oferecem planos para microempreendedores – tendem a ser mais restritas nos serviços.

Falta de burocracia

A burocracia pode ser um dificultador e pode até influenciar à não contratação de um plano de saúde. No entanto, os planos empresariais estão livres de burocracia, já que o encarregado a contratar e a organizar os dados é a própria empresa, juntamente com um corretor.

Do interessado em se beneficiar do serviço basta apenas ter em mãos os documentos pessoais, já que o microempreendedor se encarrega do CNPJ ativo para fazer o contrato.

Rede abrangente de serviços

Por um preço parecido, ou até 35% mais baixo ao de um plano individual ou familiar, como citado anteriormente, o plano de saúde para microempreendedores oferece uma rede mais abrangente de serviços que não costumam ser cobertos em planos individuais e familiares básicos, como, por exemplo, o home care, a UTI móvel, internações clínicas e cirúrgicas, CTI, exames sofisticados, remoção aérea, terrestre e benefícios familiares.

Vale lembrar que todos esses serviços são adaptados às exigências da ANS.

Redução da carência entre a contratação e o uso do plano

Para planos de saúde que atendam mais de 30 pessoas em uma empresa, pode-se conseguir a redução, ou a isenção da carência, que é aquele período entre a contratação do plano e o dia em que se pode começar a utilizar os serviços de saúde.

Com isso, o microempreendedor, os funcionários e os dependentes podem usufruir dos serviços do plano logo após a adesão e a contratação, inclusive funcionários recém-admitidos.

Serviços familiares

A maioria dos planos de saúde empresariais permite que os funcionários, que usufruem do benefício concedido a ele dentro da empresa, adicionem dependentes, como mulher, marido e filhos.

Em caso de demissão, o plano continua valendo

A inclusão, ou exclusão de pessoas no plano de saúde empresarial pode ser feita a qualquer momento. Em caso de demissão sem justa causa, o funcionário da microempresa pode usufruir dos planos de saúde para MEI por um período entre seis meses e dois anos, dependendo do serviço ofertado pela operadora. No entanto, ele deve se comprometer a pagar a mensalidade integralmente, ou perde o direito de continuar utilizando os serviços.

Facilidade

Com a contratação do plano de saúde para microempreendedores, a empresa fica encarregada apenas de administrar os pagamentos da mensalidade e descontar despesas do holerite, caso o funcionário atrase alguma conta. Outros cálculos e a responsabilidade do fornecimento dos serviços médicos, abrangência e tudo o que vem incluso nas cláusulas do seguro devem ser feitos pela própria operadora.

Se você é um microempreendedor, deve ter se convencido a contratar planos de saúde para MEI para a sua categoria após este texto. Os benefícios são diversos e a sua saúde, a dos seus funcionários, familiares e o sucesso da sua microempresa podem ser garantidos com a simples decisão de utilizar um plano de saúde para microempreendedor.

Com preços mais baixos e uma gama maior de serviços à disposição, esses planos garantem uma melhor qualidade de vida que pode impactar direta e positivamente nos trabalhos e nos resultados da sua empresa. Não queira cortar gastos na área da saúde, pois o barato pode sair caro. A dica de sempre é pesquisar bem e saber o que está contratando para atender a todas as necessidades.

Planos de saúde para MEI pode evitar muita dor de cabeça fazendo com que o foco seja apenas o sucesso do seu negócio. Faça já sua cotação!

Preencha o formulário abaixo e receba uma simulação!

Veja também

Comentarios