Como uma grávida deve se planejar para contratar um plano de saúde

planejar para contratar um plano de saúde

A gravidez é um dos momentos mais belos na vida de uma mulher, afinal ela leva dentro de si, uma nova vida. A beleza encrustada nesse momento é tão grande quanto as dificuldades que são encontradas pelas grávidas durante todo o período gestacional. E isso requer o planejamento para que tudo ocorra de maneira correta e é tão trabalhoso quanto gerar o bebê, e poder se planejar para contratar um plano de saúde para as coisas saírem dentro dos conformes é fundamental. Por isso, nesse texto mostraremos como uma grávida deve se planejar para contratar um plano de saúde para a chegada do novo membro da família.

Se planejar para contratar um plano de saúde

Antes mesmo de engravidar, a mulher já deve contar com a cobertura do plano de saúde, pois dessa maneira ela poderá ser assistida no período de pré-natal pelo seu médico de confiança, além de realizar consultas com nutricionistas para suplementações de micronutrientes essenciais para o bom desenvolvimento do feto, além de realizar exames de sangue, além do famoso ultrassom, por exemplo.

Período de carência já cumprido

A necessidade de uma contratação prévia do plano de saúde além de garantir todo o acompanhamento pré-natal e realização de uma série de exames e consultas com outros profissionais da saúde prevê também que o período de carência seja totalmente cumprido. Atualmente a maioria dos planos de saúde estipulam 300 dias como prazo mínimo de carência a ser cumprido até que o parto possa ser realizado pela cobertura do plano de saúde que foi contratado previamente.

É importante salientar, que em caso de parto pré-maturo ou de emergência que coloque mãe filho em risco, o parto pode ser realizado de maneira adiantada e ser totalmente coberto pelo plano de saúde previamente contratado.

Saiba que tipo de cobertura escolher

Atualmente existem uma infinidade de tipos de coberturas oferecidas pelos planos de saúde, porém para as gravidas é interessante (e necessário) poder contar com um plano ambulatorial e obstétrico, o que significa que a grávida poderá contar com serviços de internação, de parto, além do bebê ficar segurado por período pré-estabelecido pelo plano de saúde. Esse período de proteção pós-nascimento pode variar de acordo com as operadoras de saúde.

Geralmente os planos de saúde cobrem assistência ao bebê durante o período de 30 dias, passado esse período, a mãe precisa contratar uma cobertura ao bebê, ou caso o plano contratado seja familiar, basta apenas solicitar a inclusão do novo integrante da família no plano já existente.

Tudo na vida necessita de planejamento para que ocorra de maneira correta sem qualquer tipo de problemas, e com a gestação esse pensamento também é válido. Portanto se você que está lendo esse texto possui o desejo de engravidar, siga os passos e dicas dados nesse texto que não haverá nenhum tipo de problema com cobertura de plano de saúde para você e para seu bebê. Para mais facilidade, acesse esse link, faça uma cotação e contrate o plano ideal que supra suas necessidades e do futuro membro de sua família. Quer segurança e tranquilidade na chegada de uma nova vida? Agora que você sabe lanejar para contratar um plano de saude

Preencha o formulário abaixo e receba uma simulação!

Veja também

Comentarios