FGTS na mão… Plano de saúde ou poupança, qual fazer?

plano de saúde ou poupança

Na hora em que nos questionamos o porquê de contratar um plano de saúde, muitas pessoas surgem com possíveis soluções para o serviço, onde algumas optam por fazer uma poupança ao invés de escolher um plano. Mas e ai, plano de saúde ou poupança, qual fazer?

Fazendo uma conta simples, muita gente prefere investir o dinheiro de um plano de saúde em uma poupança, tendo assim, o dinheiro em mãos caso seja necessário o custeio de futuros gastos com saúde.

Porém essa opção é válida e pode ser considerada uma boa escolha? De primeiro momento, pode até parecer que sim, mas se observado o panorama geral, contratar um plano de saúde ainda é a melhor escolha que você pode fazer.

Plano de saúde ou poupança? Dinheiro na mão…

Enquanto você tem uma garantia com o plano de saúde, com a poupança você limita sua segurança, abrindo brecha para possíveis gastos desnecessários.

É claro que essa regra não é geral, porém algumas pessoas podem se verem tentadas ao guardar dinheiro em poupanças ou até mesmo em casa, onde sempre aparecerá um destino tentador para suas finanças.

Pessoas mais controladas não sofrem com tal problema, mas guardar dinheiro pode ser sinônimo de gastos desnecessários e o objetivo principal, que é a saúde, pode ficar muitas vezes em segundo plano.

Abaixo estão citadas algumas relações entre as duas questões e indica qual a melhor opção a escolher: plano de saúde ou poupança.

Custos

Enquanto você paga uma pequena mensalidade em um serviço de plano de saúde, garantindo assim uma série de serviços e vantagens, com a poupança mais uma vez você limita o cenário.

Enquanto os custos cobertos por um plano de saúde pode chegar a altos valores, com internações, custeios de médicos e exames, com a poupança você teria que ter muito, mas muito dinheiro para isso.

Mesmo com uma boa poupança e de bons anos de reserva, você corre o risco de não ter seus gastos cobertos, sendo fator crucial, para iniciar um quadro de instabilidade financeira.

Desvalorização

Enquanto você paga por um plano de saúde, garantindo assim o custeio de gastos com sua saúde e de sua família, de maneira integral, com a poupança você tem outro cenário desfavorável.

Com a poupança você tem a constante desvalorização do seu dinheiro, que chega a empatar aos míseros 0,6% de lucro mensal dos bancos. Esse fator se torna negativo no momento em que a inflação começa a fazer seu dinheiro perder poder de compra, onde os preços, inclusive de itens de saúde, crescem a cada dia que passa.

Já com o plano de saúde você não tem surpresas, onde todo mês você sabe quanto irá pagar e não terá nenhuma surpresa na hora de investir seu dinheiro.

Visto tais pontos, não fique com dúvidas entre planos de saúde ou poupança, faça um plano de saúde hoje mesmo. Mas antes de sair contratando o serviço, leia nosso próximo artigo, onde falamos sobre Como não ser enganado ao fechar o plano de saúde.

Conheça valores e decida se a melhor opção para você é plano de saúde ou poupança

Preencha o formulário abaixo e receba uma simulação!

Veja também

Comentarios