Quanto Custa um Parto com ou Sem Plano de Saúde

quanto custa um parto com ou sem plano de saúde

Uma situação muito comum hoje em dia é você precisar saber quanto custa um parto com ou sem plano de saúde. Você já parou para pensar nisso?

É interessante ficar sabendo dos custos de poder ter um filho, tanto na rede pública como na privada, aqui no país, pois isso já faz parte do planejamento do casal quando desejam constituir uma família.

Apesar de muita gente não levar essa informação em consideração na hora de planejar aumentar a família, ela pode ter um alto impacto na renda, principalmente se optar por fazer esse procedimento em uma rede particular.  Sendo assim, veja só quanto custa um parto com ou sem plano de saúde:

Quanto custa um parto pelo SUS

Se você for usar a rede pública de saúde, não terá que pagar nada, já que o governo banca todos os custos. Nesse caso, enquanto a vantagem é de não se pagar nada, a desvantagem é de contar com a falta de médicos, o que, muitas vezes, acaba por atrasar o parto ou então faz com que o procedimento não seja realizado da forma como você quer, quanto custa um parto com ou sem plano de saúde normal ou cesariana.

Apesar de haver diversos programas para que a gestante receba toda a atenção que precisa tanto durante a gestação e na hora do parto, infelizmente a realidade não segue essa regra. Nem sempre é possível realizar o pré-natal de forma adequada e o quanto custa um parto com ou sem plano de saúde, na maioria das vezes, não é feito por um médico que a paciente conheça e – muito menos – que fez o seu acompanhamento.

É importante você se informar como funciona esse serviço público em sua cidade antes de contar com ele nesse momento tão importante e pensar se vale a pena ter esse serviço gratuito, sendo que ele pode não atender as suas necessidades.

Quanto custa um parto particular

Se você optar por pagar o parto em algum hospital privado, pode contar com valores diferentes de acordo com o serviço prestado, médicos disponibilizados, região, entre outros. Nesse caso, antes de escolher essa opção de quanto custa um parto com ou sem plano de saúde, faça uma boa pesquisa e veja tanto a reputação do hospital que vai escolher, como também os valores de mercado para não pagar um valor muito alto.

É preciso se ter consciência de que será preciso pagar não apenas o parto em si, mas que existem diversos valores envolvidos nesse caso. Deve-se pagar pelo anestesista, caso opte por cessaria, pelo obstetra e sua equipe que irá realizar o parto, pela internação hospitalar e, se for necessário a criança ficar na UTI, ainda haverá esse custo adicional.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

O valor pode variar bastante, mas segundo a Associação Médica Brasileira (AMB), o custo dele sai em torno de 15 mil reais.

Quanto custa um parto pelo plano de saúde

Se você tiver um plano de saúde e for utilizar um obstetra que também faça parte do plano (bem como todos os demais profissionais envolvidos no procedimento), não terá que pagar nada ou então precisa desembolsar uma porcentagem.

Isso varia de acordo com seu plano, então se ele cobrir todas as despesas, ou seja, foi um plano integral, não haverá custos adicionais; porém, se você tiver um plano parcial, pode ter que pagar uma porcentagem de cada profissional ou então dos procedimentos realizados. Nesse caso, verifique como seu plano como funciona esse tipo de procedimento para não ter surpresas depois com cobranças excessivas.

Já se você quiser utilizar uma obstetra que não seja do seu plano, terá que pagar esse profissional a parte e depois utilizar a opção de reembolso, que a maioria das operadoras de saúde oferece.

Quanto custa um parto com ou sem plano de saúde

É importante se informar com a operadora como funciona esse procedimento e se ele é aceito em qualquer caso, pois há planos que limitam esse valor ou então não permitem o reembolso, o que fará com que você tenha que pagar um pouco mais para ter a vantagem de utilizar um profissional que não faz parte da rede credenciada.

Vale dizer ainda que, mesmo tendo um plano de saúde, se você estiver dentro da carência de 300 dias, que é dada para todas as operadoras, não poderá contar com o benefício de fazer o quanto custa um parto com ou sem plano de saúde pelo plano, podendo apenas realizar o pré-natal e alguns exames, sendo interessante fazer uma pesquisa de como seria melhor pagar o seu parto, sendo particular ou pelo SUS.

Dessa forma, é muito importante você avaliar todos esses valores e somente depois optar pelo que vai trazer mais conforto e segurança para você e o bebê nesse momento tão especial, pois os valores costumam ser bem mais acessíveis que um parto particular e se tem a certeza de um bom atendimento da rede credenciada.

Simule Agora um Plano de Saúde

E você, agora que já sabe quanto custa um parto com ou sem plano de saúde, que tal fazer uma cotação e ver como é vantajoso garantir um plano de saúde para gestante?!

Preencha o formulário abaixo e receba uma simulação!

Veja também

Comentarios