Tratamento da obesidade infantil

Tratamento da obesidade infantil

O que é a obesidade infantil?

A obesidade infantil ocorre quando a criança esta com o peso acima do normal para sua idade e altura. Segundo pesquisas do IBGE, uma em cada três crianças no Brasil, está acima do peso.

Além de causar depressão e problemas de baixa alta estima, a obesidade infantil pode gerar outros problemas de saúde, como diabetes, hipertensão e colesterol alto, essas doenças podem acompanhar a criança até a vida adulta.

Quais as causas da obesidade infantil?

Existem várias causas para a obesidade infantil, as mais comuns são fatores genéticos, má alimentação, sedentarismo ou uma combinação desses fatores.

O fato de a obesidade ser um fator genético, não implica no fato de pais obesos terem filhos obesos, ou pais que estão dentro do peso não terem filhos obesos, isso varia muito de acordo com a alimentação e os hábitos da família, como a pratica de atividades físicas. Logo, o que determina se a criança terá ou não obesidade infantil, é a alimentação e a quantidade de exercícios que ela pratica.

Alguns fatores de risco

Existem alguns fatores que podem ajudar a aumentar o risco da criança desenvolver a obesidade infantil, como por exemplo ter uma dieta desiquilibrada, rica em açucares, alimentos congelados, refrigerantes e comidas ricas em gorduras, sedentarismo visto que atividades físicas ajudam a queimar as calorias ingeridas, históricos de obesidade na família, e fatores psicológicos como estresse, ansiedade e tedio, podem levar a criança a comer mais do que o normal.

Diagnosticando a obesidade infantil

Para saber se a criança está acima do peso, é necessário medir o IMC índice de massa corporal). Para adultos, IMC entre 18,5 e 25 indica que a pessoa está com o peso normal, acima de 25 indica sobrepeso, e acima de 30 já é obesidade. Entretanto para crianças esses valores não se aplicam.

O IMC para crianças muda de acordo com a idade e o sexo, e para ajudar os médicos na identificação a OMS (Organização Mundial da Saúde) criou uma tabela para fazer esse cálculo.

Tratamento da obesidade infantil

Não tem como tratar a obesidade apenas com remédios, o tratamento é complicado e requer muita disciplina, além de mudança de estilo de vida. Existem muitas formas de tratar a obesidade infantil. Quanto maior o excesso de peso, maior os riscos que a doença pode causar, por isso cada criança precisa ser abordada de modo individual.

Existem alguns especialistas que podem ajudar no diagnóstico da obesidade infantil, através de exames e avaliações, como por exemplo o pediatra, nutrólogo, nutricionista e endocrinologista. Preencha o formulário abaixo e tenha acesso à todos esses profissionais.

Preencha o formulário abaixo e receba uma simulação!

Veja também

Comentarios