Colesterol – Saiba como evitar

Colesterol

Em 2015 foram registrados 350 mil casos de mortes relacionadas ao colesterol ruim (LDL), de acordo com uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, um número muito significativo e que a partir de agora tem uma menor probabilidade de se repetir. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou o Paluent (alirocumabe), medicamento desenvolvido para a redução do colesterol nos casos onde as estatinas são insuficientes para conseguir o efeito necessário – e que já se tornou um grande aliado dos cardiologistas dos planos de saúde.

Porém, como já dizem os mais velhos, o melhor remédio é a prevenção. Existem algumas atitudes que você pode adotar diariamente, para evitar o desenvolvimento do colesterol ruim.

Afinal, o colesterol nem sempre é o vilão que muitas pessoas temem, na verdade, ele é necessário para o funcionamento do nosso corpo. O que deve haver são cuidados para que os níveis estejam sempre sob controle, consultando regularmente o cardiologista do seu plano de saúde, ele poderá fazer através de alguns exames, adaptações em sua dieta para controlar os níveis.

Colesterol: vilão ou mocinho?

O colesterol é um tipo de gordura (lipídio) natural do organismo, encontrado em membranas celulares em todo o organismo – músculos, nervos, coração, cérebro, fígado e intestino, por exemplo. Ele é necessário para a produção de vários hormônios, ácidos biliares e vitamina D. Para se ter ideia, 70 % do colesterol do nosso corpo é produzido pelo nosso próprio organismo, e somente 30 % vem da dieta. O problema é que são justamente esses 30%, cuja responsabilidade de fornecimento é do próprio individuo, que acabam causando problemas.

Existem dois tipos de colesterol, o bom (HDL), que leva o colesterol ruim para o fígado onde é metabolizado e eliminado, e o ruim (LDL), que acumula placas de gordura nas paredes das artérias, que ficam fixas e reduzem a passagem do sangue para órgãos vitais, como o cérebro e o coração, o que acaba causando doenças cardiovasculares. O que você deve evitar é o acumulo de colesterol ruim, principalmente com a mudança de alguns hábitos.

Veja algumas dicas de cuidados com o colesterol

Mudar seus hábitos nem sempre é fácil, mas também está longe de ser difícil. Foque na sua saúde e mantenha sua força de vontade.

Evite o sedentarismo

Pratique exercícios físicos de acordo com sua idade e seu perfil, procure um especialista para ter os melhores resultados. Além de ajudar a melhorar a circulação do sangue e reduzir os níveis de gordura, eles também ajudam no ganho de massa muscular e no fortalecimento dos músculos, ajudando o coração, que também é um músculo, a bombear o sangue com mais força. Converse com seu médico sobre o melhor tipo de atividade física para você.

Utilize seu plano de saúde para fazer consultas periódicas

O aumento dos níveis de colesterol não costuma ter sintomas, então a melhor forma de saber como ele está é fazendo um monitoramento – e para isso os check ups são fundamentais. Com o plano de saúde, você tem acesso garantido a clínicos gerais, cardiologistas e diversos exames que ajudam a detectar o aumento dos níveis e poderá escolher o melhor tratamento.

Evite comidas gordurosas e alimentos que te ofereçam riscos.

Além de alimentos gordurosos, outros tipos de alimentos que você deve evitar:

  • Produtos industrializados;
  • Peles de aves;
  • Carnes gordurosas;
  • Sorvetes de massa;
  • Sobremesas em creme;
  • Chantilly;
  • Milk-shake;
  • Chocolates e doces com coco;
  • Frios e embutidos;
  • Fast food;
  • Biscoitos e pães amanteigados;
  • Pães de queijo;
  • Salgados como croissant e folhados;
  • Frituras;
  • Leite integral e derivados;

Consuma fibras e probióticos

O consumo de fibras na alimentação reduz os níveis de colesterol alto e ajuda no bom funcionamento do intestino. Além disso, a ingestão de probióticos encontrados no iogurte também ajudam a reduzir os níveis. Dê preferência aos iogurtes lights ou naturais.

Gorduras insaturadas reduzem o colesterol ruim

Esse tipo de gordura é encontrado nas azeitonas, nos óleos de oliva e canola, nas amêndoas, castanhas, nozes e também no abacate. Apesar de serem saudáveis, esses alimentos são muito calóricos, e devem ser ingeridos com controle, de acordo com a orientação de um nutricionista.

Sabendo equilibrar uma alimentação balanceada com exercícios físicos, você conseguirá reduzir seus níveis de LDL e irá ganhar mais saúde em seu dia a dia. Mesmo assim, é importante manter um monitoramento médico. Utilize seu plano de saúde para ficar de olho em seus níveis de LDL, assim você poderá adaptar a sua rotina sempre que algo sair um pouquinho de controle.

Ainda não tem um plano de saúde? Aproveite e faça agora mesmo o seu!

Preencha o formulário abaixo e tenha acesso aos melhores planos que as operadoras oferecem na sua região.

Faça uma simulação de Plano de Saúde Online

Encontre o melhor plano de saúde para você, sua família ou sua empresa.

Informações necessárias
Informações adicionais

Gostaria de receber nosso boletim informativo?

Planos pelo melhor preço com coberturas amplas.

Negociamos com as principais operadoras do mercado para oferecer os melhores planos de saúde com o melhor custo benefício.

Plantão de Vendas

Confira valores de planos de saúde por telefone

Ligue Para:
(11) 3135.5772

Simulação por WhatsApp

Receba as tabelas de planos de saúde pelo WhatsApp

Confira nossas vantagens:

  • Planos pelo melhor preço
  • Medicina de primeiro mundo
  • Redução máxima de carência
  • Rede credenciada ampla e qualificada
  • O melhor da medicina
  • Cotações rápidas e fáceis
  • Mais serviços, mais agilidade
  • Gratuitamente e Sem Compromisso

Veja também