Como combater pedras nos rins!

19Conhecidas também como cálculos renais, pedras nos rins são recorrentes a vários brasileiros. Calcula-se que 12% da população masculina as desenvolvam, contra 5% da população feminina.

Os cristais (como também são conhecidos), são formados por sais e minerais encontrados numa concentração alta na urina. Essas substancias se depositam nos rins, que são responsáveis pela filtragem do sangue, e, ao se encontrarem, se unem, formando os cálculos.

Pedra nos rins: Sintomas

Os principais sintomas da presença de pedras são:

– Dor intensa, principalmente na região inferior das costa, lateral da cintura, abdômen e área da virilha;

– Urina escura (muitas vezes, com sangue) e com mal cheiro;2019

– Dor ao urinar;

– Vontade constante de urinar, porém sem resultados;

– Febre, em casos de infecção.

Tratamentos

Os tratamentos específicos para pedras nos rins se referem à quebra e expulsão via canal urinário. Para isso, se é indicada a ingestão de muita água (a fim de produzir mais urina), além de tratamentos específicos, feitos dentro de hospitais, como a utilização de laser para quebrar pedras grandes.

SIMULE GRATUITAMENTE VALORES DE PLANOS DE SAÚDE E GARANTA ACESSO AOS MELHORES HOSPITAIS DE SUA REGIÃO!

Como combater pedras nos rins?

Estudos indicam que, em casos de pessoas que já tiveram cálculos renais, a chance de voltar a ter é de 50%. Caso a segunda crise ocorra, as chances aumentam para 80%.

A maior indicação para evitar a chance de surgirem novos cristais é a adequação da dieta do paciente. Veja algumas:

– Evitar ao máximo alimentos com sódio em excesso! Já se comprovou que o sódio maior vilão para os rins. Por isso, evite alimentos instantâneos (como sopas, macarrões, sucos), embutidos, fast-foods e comidas salgadas em geral. Tente trocar o sal por temperos naturais, que trarão ainda mais sabor às suas refeições.

– A ingestão exagerada de carnes também acarreta numa sensibilidade maior ao desenvolvimento de pedras nos rins. Isso se dá pela alteração dos níveis de citrato nos sangue, o que aumenta a eliminação de cálcio pelo organismo, aumentando a chances da formação de cristais. Invista, então, em uma dieta mais variada, com outras opções de proteína.

– Manter-se hidratado, não só pelo perigo de pedras nos rins, mas para que sue corpo todo funcione melhor. Mas tome cuidado: bebidas com altas concentrações de açúcar, como refrigerante e sucos artificiais, só aumentarão as chances de uma crise.

– Os oxalatos, encontrados em frutas, verduras, legumes e no organismo humano, é uma das substancias principais no que diz respeito à formação das pedras. Evite alimentos ricos nesse elemento, como beterraba, feijões, batata doce, cerveja, nozes e tofu.

Agora você já sabe o que fazer para evitar o aparecimento de pedras nos rins. Siga essas dicas e viva uma vida saudável!

 

Quer saber um pouco mais sobre quais planos de saúde oferecemos? Ative o chat, ali, no canto direito da tela. Nossos consultores terão o maior prazer em te atender!

Veja também