Doença Alopécia | Saiba os sintomas, causas e tratamentos

Doença Alopécia

A doença alopécia é caracterizada pela repentina perda de cabelos tanto do couro cabeludo como em qualquer outra região do corpo. Nessa doença o cabelo cai em grandes quantidades em determinadas áreas, possuindo diversas causas e dessa forma, várias formas de tratamento também.

As causas da doença alopécia ainda não são completamente conhecidas, mas sabe-se que é uma condição autoimune, ou seja, o sistema imunológico ataca e destrói tecidos do corpo por engano. Aproximadamente de 1 em cada 5 pessoas com a doença alopecia apresenta histórico familiar da doença e costuma ocorrer com qualquer pessoa, independentemente da idade ou do gênero, estando geralmente ligada a algum tipo de trauma, doença ou até mesmo gravidez.  Altos níveis de estresse do dia a dia também podem favorecer a ocorrência do problema, sendo essa uma das doenças de pele mais relacionadas com aspectos psicológicos.

Sintomas da Doença Alopécia

Doença Alopécia

Apesar de ter como principal característica a perda de cabelo, esse é apenas um dentre vários sintomas da doença alopécia. Algumas pessoas chegam a sentir coceira ou uma certa queimação na região em que houve a perda de cabelo. A doença é mais comum no couro cabeludo, mas pode vir a ocorrer nas sobrancelhas, barba, braços e pernas.

Outra característica é que os pontos onde há a queda de cabelo são arredondados e lisos, podendo haver uma coloração rósea na região. Outros sintomas da doença alopécia são alterações no relevo da superfície das unhas, aparecendo alguns “furinhos”. Também existe a possibilidade de associação da doença com outras como vitiligo, lúpus e tireoidite.

Tratamento

O diagnóstico da doença alopécia pode ser feito pela aparência das áreas em que houve perda de cabelo, junto a um exame rápido chamado tricoscopia. Em alguns casos existe a possibilidade de se fazer uma biópsia da pele afetada para descartar outras doenças.

Se a queda de cabelo não for geral, o mesmo pode crescer novamente dentro de alguns meses sem qualquer tratamento. Entretanto, é recomendado tratamento na maioria dos casos. Os tratamentos mais comuns para a doença alopecia são:

  • Medicamentos aplicados na pele ou por via oral
  • Injeção de esteroides sob a superfície da pele
  • Terapia com luz ultravioleta

Atenção! Somente um médico ou especialista da área pode indicar qual o medicamento para o seu caso. É importante que você sempre siga à risca suas orientações e o mais importante: nunca se automedique!

Ter um especialista determinando o que é o melhor para você é sempre o mais seguro. Sabia que com um plano de saúde você tem acesso a diversos especialistas da saúde do corpo? Pagando uma pequena mensalidade você garante todos os serviços necessários no momento que precisar.

Preencha o formulário abaixo em menos de 30 segundos e em breve você terá todas as informações sobre o Plano que melhor se adéqua a você e seus valores. Não perca tempo, pois com saúde não se brinca.

Veja também