Plano de Saúde para Tratar Infertilidade – Saiba Como Funciona

Plano de Saúde para Tratar Infertilidade

O sonho de ter filhos ainda é um problema sério para 15% dos casais brasileiros, cerca de 278 mil deles para ser mais exato, segundo os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A infertilidade – considerada a incapacidade do casal obter uma gestação ao manter relações sexuais frequentes sem o uso de preservativo após um ano de tentativas – podem ter origem em ambos os sexos, ao contrário do que se imagina há alguns anos. Hoje sabe-se que 30% dos motivos são femininos, 30% masculinos, 25% comuns a ambos e 15% não conseguem ter suas causas determinadas.

Casais com vida sexual ativa sem uso de anticoncepcionais têm 20% de chance de conceber a cada mês, ou seja, oito a cada dez casais terão um filho a cada ano – mas metade dos 20% restantes procurarão recorre aos métodos de reprodução assistida.

Se você se encaixa neste último caso, veja como usar o plano de saúde para tratar infertilidade:

Cobertura do Plano de Saúde para Tratar Infertilidade

No entanto, o assunto infertilidade gera polêmica, porque, de acordo com a legislação, os planos de saúde têm obrigação de cobrir o planejamento familiar desde 2009, quando a Lei 11.935 regulamentou a obrigatoriedade de cobertura integral e sem limitações dos tratamentos de casais que querem engravidar.

Isso inclui todos os tipos de procedimentos de inseminação artificial ou inseminação in vitro.

O problema é que alguns anos depois a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que regulamenta as operadoras dos planos, baixou uma resolução excluindo a inseminação artificial da obrigatoriedade de cobertura pelos planos de saúde.

Veja como Proceder 

O primeiro passo para fazer valer o direito à cobertura é, portanto, fazer o diagnóstico de infertilidade, que pode ser conseguido com um especialista ou uma junta de especialistas de forma muito bem estruturada.

O médico deverá também especificar a possibilidade e o grau de probabilidade da concepção se dar por meios de intervenção assistida via inseminação artificial ou in vitro.

Esse relatório, que deve ser feito pelo médico responsável por escrito em letra legível, deve ser bem detalhado e, acompanhado por todos os exames realizados, ser encaminhado pelo casal de forma protocolada como requerimento para a cobertura de todas as etapas e fases das condutas terapêuticas indicadas para a inseminação ou fertilização (incluídos exames os mais variados, anestesia, medicamentos, procedimentos médicos, acompanhamento psicológico quando necessário, etc).

Conheça Valores de Planos de Saúde

Ficou interessado? Saiba valores de plano de saúde para tratar infertilidade

Faça uma simulação de Plano de Saúde Online

Encontre o melhor plano de saúde para você, sua família ou sua empresa.

Informações necessárias
Informações adicionais

Gostaria de receber nosso boletim informativo?

Planos pelo melhor preço com coberturas amplas.

Negociamos com as principais operadoras do mercado para oferecer os melhores planos de saúde com o melhor custo benefício.

Plantão de Vendas

Confira valores de planos de saúde por telefone

Ligue Para:
(11) 3135.5772

Simulação por WhatsApp

Receba as tabelas de planos de saúde pelo WhatsApp

Confira nossas vantagens:

  • Planos pelo melhor preço
  • Medicina de primeiro mundo
  • Redução máxima de carência
  • Rede credenciada ampla e qualificada
  • O melhor da medicina
  • Cotações rápidas e fáceis
  • Mais serviços, mais agilidade
  • Gratuitamente e Sem Compromisso

Veja também