Dor de Cabeça: Saiba como tratar

Dor de Cabeça: Saiba como tratar - Valor de planos de saúde

A dor de cabeça é conhecida também por “Cefaleia” ou “Cefalgia”, os mesmos são nomes científicos usados por médicos. Pode ocorrer após um complexo agudo, como a enxaqueca, ou de outros problemas, como infecções, tendo uma doença em desenvolvimento, por exemplo, a gripe. No caso da dor ser aguda, chamamos de cefaleias primárias e se associada a alguma doença, cefaleias secundárias.

Precisamos entender que a dor de cabeça não é um problema grave dependendo do seu grau, e nem ser considerado doença, mas sim, um sintoma. Por conta de estresse, doenças, como gripe, febre etc. A dor de cabeça pode agravar e ser mais forte que o normal. Não é aconselhável ficar em frente ao computador por muito tempo, ainda mais se você usa óculos de grau muito alto.

É tão comum a dor de cabeça, que no mínimo 90% da população apresentou, ou irá apresentar, esse sintoma durante a vida. Caso a dor esteja muito forte por semanas, é necessário que o paciente vá ao médico fazer exames. De acordo com o diagnóstico do neurologista, o paciente começa o tratamento com remédios, pois pode ser decorrente a alguma infecção ou febre. De acordo com cada paciente, o médico pode solicitar exames subsidiários, estudo radiológico funcional da coluna, tomografia e/ou ressonância magnética de crânio, eletroencefalograma, exames laboratoriais com análise do liquor e do sangue, e ainda uma biópsia de artéria temporal para estabelecer um melhor diagnóstico.

SIMULE SEU PLANO DE SAÚDE SEM COMPROMISSO

Causas da dor de cabeça:

As dores são manifestadas por diferentes características: súbita, subaguda ou crônica.

  • Estresse – Sabe-se que o estresse libera doses dos hormônios adrenalina e cortisol, responsáveis por um aumento da frequência cardíaca.
  • Calor – Além do calor, outros fatores ambientais como pressão, umidade e poluição do ar influenciam no aparecimento das dores.
  • Dormir mal – Dormir mal faz com que a quantidade do hormônio melatonina diminua.
  • Alguns alimentos – Se você tem enxaqueca, sofre de dores de cabeça facilmente, ou está com aquela dorzinha chata, evite os seguintes alimentos: chocolate, café e chás pretos, queijos amarelos, álcool, frutas cítricas, molho shoyo, cebola, alho e sorvete.
  • Esforço exagerado –  Existe uma causa conhecida pelos médicos como cefaleia pós-esforço. No entanto, essa dor de cabeça também pode ser indício de algo mais sério, como um aneurisma.

Tratamentos:

O tratamento por incluir analgésicos, como Paracetamol, ou a adoção de técnicas simples e naturais.

Tratamento natural:

  • Estar em locais calmos, sem barulhos;
  • Compressa fria na cabeça;
  • Beber água ou chá;
  • Massagens na cabeça.

Tratamento medicinal:

  • Tylenol;
  • Naldecon;
  • Paracetamol.

Portanto, é necessário que haja cuidado e atenção na hora em que se auto medicar. Todos os usos precisam ser sob prescrição médica, para que não haja falhas quando tratar. É necessário que não demore em ir ao médico, caso a dor persista até 4 dias, pode piorar com o tempo, impedindo de trabalhar e cumprir tarefas do dia-a-dia etc. Então, é possível o tratamento e a cura, mas não pode deixar de ficar atento a todos os sintomas.

Saiba mais sobre dores de cabeça e enxaqueca.

Veja também