Tire suas dúvidas sobre carencia de planos de saúde!

Uma das maiores dúvidas ao se tratar da contratação de planos de saúde é, de fato, a questão da carencia. Mas você sabe do que se trata e como funcionam as carencias colocadas pelas operadoras? Tire suas dúvidas, nesse post!

SAIBA PORQUE VOCÊ DEVE CONTRATAR UM PLANO DE SAÚDE EM 2018!

Tire suas dúvidas sobre carencia de planos de saúde!

O que é carência e para o que serve?

A Carencia em Planos de Saude se trata de um período de segurança estipulado pela operadora, para a utilização de coberturas específicas ao convênio médico. Essa é uma iniciativa comum a praticamente todos os planos de todas as operadoras, e é autorizada pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

A maior razão para a colocação da carencia como obrigação contratual é a saúde financeira da operadora. Para melhor esclarecimento, vamos a um exemplo: Uma pessoa adquire um plano junto a uma operadora. Alguns dias após a contratação, sem o pagamento da primeira mensalidade, o cliente marca uma cirurgia em um hospital particular, usufruindo de suas coberturas para os gastos internação, material, honorários médicos etc, isso é, a operadora arca com os gastos da operação. Após o evento, o beneficiário cancela o contrato, sob qualquer alegação. Nisso, o prejuízo seria total da operadora.

A carencia salva a empresa de situações como essas, entre outras. Isso garante, também, preços mais justos aos clientes.

 

Carências básicas

As carências mínimas aplicadas pelas operadoras são:

  • Consultas como Clínico Geral, Pediatra e Ginecologista: 07 dias úteis;
  • Demais especialidades: 14 dias úteis;
  • Urgências e Emergências: não há carência;
  • Terapia com fonoaudiologista: 10 dias úteis;
  • Terapia com psicólogo: 10 dias úteis;
  • Terapia com fisioterapeuta: 10 dias úteis;
  • Consulta com nutricionista: 10 dias úteis;
  • Serviços de diagnóstico (laboratório de análises clínicas – regime ambulatorial): 03 dias úteis;
  • Demais serviços de diagnóstico: 10 dias úteis;
  • Procedimentos de Alta Complexidade: 21 dias úteis;
  • Atendimentos em regime de internação eletiva: 21 dias úteis.

Existem planos que não tenham carência?

A resposta para essa pergunta irá se basear nos tipo de plano adquirido. No caso de planos individuais e familiares, as chances de as coberturas não sofrerem algum tipo de carência é quase nula. Já no caso de planos coletivos, em especial os empresariais e por adesão, há a possibilidade de a carência ser abolida. Isso se dá, principalmente, pelo elevado número de beneficiários no pacote adquirido. De qualquer forma, consulte sua operadora de preferencia para maiores informações.

 

Você tem alguma dúvida sobre planos de saude e gostaria de ver a resposta em nosso blog? Faça sua pergunta nos comentários. Será um prazer lhe atender!

 

Veja também